Além de permitir personalização, a escolha da marcenaria também garante segurança no resultado final
marcenaria

Sala integrada, executada em marcenaria

Escolher a decoração da casa nova traz muitas dúvidas para os proprietários, uma delas é em relação à escolha da mão de obra dos móveis: marcenaria ou planejados? Vários fatores devem ser levados em consideração para não tomar uma decisão equivocada e acabar se arrependendo mais tarde. Por um lado, existe a segurança do móvel planejado permitir mobiliar a casa inteira em um prazo fixo para o término da obra, e pelo outro, a vantagem de criar um espaço totalmente personalizado na marcenaria, possibilitando a escolha dos materiais e soluções que serão usadas no projeto.

Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki, profissionais da EFTM Arquitetura, explicam que a maior parte de seus clientes opta pela marcenaria quando consideram os preços e a possibilidade de negociação, mesmo com as grandes empresas de móveis planejados permitindo um maior parcelamento. “Quando o cliente realiza o acompanhamento de obra ou simplesmente solicita uma indicação, nós mostramos as vantagens de executar com marcenaria tradicional ou com lojas de planejados, e deixamos o cliente livre para escolha”, explica Fukunishi.

marcenaria

O banco da mesa de jantar planejado para acomodar mais convidados / O armário do banheiro foi encaixado no espaço reduzido / cozinha e lavanderia com móveis sob medida

Apesar de todos os prós, a marcenaria não é indicada quando o cliente não contrata um arquiteto, já que, ao contrário das lojas de móveis planejados, as marcenarias raramente possuem profissionais que podem auxiliar no projeto de interiores. ”Geralmente, os marceneiros não realizam projetos, correndo o risco de executar algo que o cliente não imaginava“, comenta Miyawaki. No quesito materiais, deve-se levar em conta que certas peças são disponibilizadas apenas para um tipo de serviço – ou para marcenarias ou lojistas.

Antes de fechar um negócio pelo preço, é recomendável sempre verificar no orçamento o que está sendo oferecido, para comparar materiais e serviços equivalentes, deixando o cliente ciente do nível do trabalho oferecido por cada uma das opções pois, muitas vezes, as marcenarias prestam um serviço e entregam um produto com qualidade superior aos oferecidos pelas lojas ou vice-versa. No final das contas, o que importa é que o cliente esteja seguro com a escolha. “É uma questão de avaliação crítica de material, atendimento e estrutura”, destacam as arquitetas da EFTM.

Serviço:
EFTM Arquitetura
Erika Fukunishi – CAU nº A67408-7
Thalita Miyawaki – CAU nº A53912-0
(41) 9213-1872 / (41) 9652-1894
www.eftmarquitetura.com