Regulamentação da Profissão de Design de Interiores é aprovada pela CCJC em Brasília

ProfissãoEngajada na luta pela regulamentação da profissão de design de interiores, a ABD – Associação Brasileira de Designers de Interiores foi fundamental na conquista de mais uma etapa no processo de reconhecimento da categoria. Em Brasília, ontem (25/06), a CCJC – Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou o Projeto de Lei 4.692/12, que visa o registro oficial da ocupação.

Autor do projeto que reivindica a regulamentação, o deputado Ricardo Izar (PSD/SP), explica um dos principais pontos da tese que defende:  “É inadmissível a reserva de mercado. Esses profissionais fizeram uma faculdade, se capacitaram para trabalhar na área e isso [reserva de mercado] prejudica o exercício da profissão. Considero essa aprovação um grande passo. Estamos perto de regulamentar à atuação dos designers”.

Presente na sessão, a designer interiores e presidente da ABD, Renata Amaral, destaca o histórico positivo da categoria no cenário profissional. “Desde que o mundo é mundo, as pessoas ambientam suas casas de uma maneira menos ou mais profissional. Então, é uma profissão já solidificada, prova disso é a ABD, que faz 35 anos em 2015. Estamos na fase final do processo, que só vem para reconhecer, de forma justa, o bom trabalho que o designer de interiores vem exercendo ao longo dos anos. Para nós da ABD, é muito gratificante fazer parte dessa vitória na CCJC”.

Atualmente, são mais de 179 escolas espalhadas pelo país que oferecem o curso de designer de interiores. De acordo com a ABD, mais de 80 mil profissionais da área já atuam no mercado de trabalho. Por isso, a aprovação em Brasília irá fortalecer a profissão e será muito significativa na criação de novos cursos no futuro.

Sobre ABD – Colaborar, acompanhar, formar, inspirar. Estes são os papéis que a ABD – Associação Brasileira de Designers de Interiores desempenha desde 1980. O objetivo é desenvolver ações no mercado de design de interiores a fim de impulsionar o setor e valorizar a profissão. Com regionais na Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, a instituição tem atualmente mais de 7 mil associados.

A ABD está em constante busca pelo aprimoramento e especialização dos associados, promovendo congressos, palestras, workshops, cursos e eventos de relacionamento. Além disso, oferece aos associados consultoria contábil, jurídica e auxilia na preparação de modelos de proposta comercial, tabela de honorários, entre outros benefícios.

Serviço:
webSite: ABD